Google+ Badge

segunda-feira, 2 de julho de 2012

ONDAS DE AMOR


ONDAS DE AMOR 

É nas ondas do mar
Que eu refresco o meu corpo
Toda vez que chega o verão
Eu te sinto por inteiro 

E você se aproxima de mim
Como se fosse uma onda
Envolvendo todo o meu corpo
Em descargas elétricas, ondas de amor... 

Como parar uma onda?
Eu não sei! E também não sei
Se que parar você
Se quero impedir o teu calor a me envolver... 

Volto pra beira do mar
À espera do verão
Como se nesta estação
Eu ganhasse sobrevida 

Penso que é isto o que fazemos
Quando estamos diante do amor
Sobrevivemos por mais dias
Porque só o amor tem na vida esta energia... 

Mário Feijó
02.07.12
Postar um comentário