Google+ Badge

quinta-feira, 26 de julho de 2012

NOSSA CAMA


NOSSA CAMA 

Não adianta
Você chegar inteira
À meia boca
No céu da noite 

O teu gosto
Ainda guardo
No sótão as estrelas
No alto do céu da minha boca 

Para onde quer que eu vá
Sempre estou te procurando
E de tanto te procurar
Acabei me perdendo 

Outro dia sem querer
Acabei me encontrando
Em braços quaisquer
Numa cama que não era a nossa 

Mário Feijó
26.07.12
Postar um comentário