Google+ Badge

sábado, 7 de julho de 2012

AGORA ESTOU QUENTE...


AGORA ESTOU QUENTE...



Nas tardes frias e chuvosas como esta

O que eu mais gostaria era ter você aqui

Esquentando minha pele

Incendiando meu corpo

Como está longe de mim

Acendo minha lareira

Bebo xicaras de café

Um cálice do vinho sonhando

E deixo o tempo passar



E o tempo é cruel quando envelhecemos

Ele é uma corça célere

Fugindo de um leopardo

Feito você que encontra muitos motivos

Para ser feliz longe de mim



Embarcarei nesta viagem

No lombo da corça

Procurando ser feliz

Ser precisar de você



Acredito que quando

Não conseguimos ser felizes com o que temos

Não é alguém que nos ensinará

O caminho desta tal felicidade...



Haja tardes frias!

Esperarei meus dias quentes...



Mário Feijó

07.07.12
Postar um comentário