Google+ Badge

segunda-feira, 21 de julho de 2014

UM BOTÃO DE JASMIM



UM BOTÃO DE JASMIM

Uma abelha fazendo zum-zum-zum
Ao redor do botão de jasmim
Que ainda não se abriu

Molhado pelo orvalho da noite
Ele insiste em não se abrir
Mas ela ronda sentindo o néctar
Que há dentro daquele botão intumescido

E quando o sol está a pino
Ele se abre por inteiro
Desvirginado pela abelha insistente
Entrega seu néctar em pleno gozo

E a abelha faceira voa
Saciada no seu desejo
Carrega dentro de si agora
A essência que na colmeia vira mel

Mário Feijó
21.07.14
Postar um comentário