Google+ Badge

terça-feira, 8 de julho de 2014

EU NÃO SEI RASTEJAR POR AMOR



EU NÃO SEI RASTEJAR POR AMOR


Os tempos são outros
Já não se ouve
O eco de um coração
Batendo diante do seu peito

As pessoas acabaram se tornando
Complemento de máquinas
Manipuladas com uma só mão
Conversam frente a frente pela máquina

Calor humano? Quer?
Só com um lençol térmico
Beijos estalados nas bochechas
Já não se sabe mais o que é

A pele esta enrijecendo
Estamos nos tornando seres rastejantes
Que implora o amor alheio
Onde será que este mundo irá parar?

Mário Feijó
08.07.14
Postar um comentário