Google+ Badge

quarta-feira, 10 de abril de 2013

SUSSURROS SOB OS LENÇÓIS



SUSSURROS SOB OS LENÇÓIS

Tudo o que você me disse
Ficou escrito nos lençóis
Quando nossos corpos
Neles deixaram as marcas

Estava escrito que eu te queria
Estava escrito que você me queria
Não precisava falar
Bastou deixar acontecer

E nossos corpos escreveram
Poesia nos lençóis, na água do chuveiro
E nas toalhas molhadas
Que ficaram jogadas sobre o chão...

E depois quando veio o sol
Levando teu corpo embora
Na cama ficou escrito
Que também era minha hora

E foi dentro de mim
A saudade satisfeita
Uma lua à espreita
De outra noite chegar...

Mário Feijó
10.04.13
Postar um comentário