Google+ Badge

sexta-feira, 12 de abril de 2013

EU DECIDO OS RUMOS DA MINHA FELICIDADE



EU DECIDO OS RUMOS DA MINHA FELICIDADE

Detesto pessoas que mentem
Que não me olham nos olhos
Que se dizem meus amigos
Porém escondem tudo de mim

Não suporto pessoas infelizes
Que culpam os demais por isto
Que têm inveja de tudo
E que não se deixam amar

Não admito falta de caráter
Pessoas que atropelam os demais
Pensando somente em si
E no lucro que podem ter

Acho inconcebível quem se acha
Melhor que todo mundo
Quem não tem humildade
Quem não pede desculpas ou perdão

É por isto que mesmo
Diante de todas as dificuldades
Eu me contento com o pouco que tenho
E não tenho medo de dizer que sou feliz...

Mário Feijó
12.04.13
Postar um comentário