Google+ Badge

segunda-feira, 22 de abril de 2013

O DIREITO DE SER FELIZ



O DIREITO DE SER FELIZ

Se vieres para os meus braços
               Rasgue-se por inteiro
               Destrua seus preconceitos
               Arrisque-se em beijos
               Encha-me de abraços
E se te arriscares
               Não seja lua minguante
Torne-se cheia ou ao menos
Seja lua crescente
E se entregue por inteiro
Eu quero os teus vazios
Todos os teus hoje’s
Teus desejos de quero mais
Tuas virtudes e poucos dos teus vícios
Porque ninguém é perfeito...

E tu? O que queres de mim?
Meu despudor? Já te dei!
Meu desamor? Não darei

Dar-te-ei o meu amor
Represado no peito
Que é teu por direito
E o desejo de ser feliz...

Mário Feijó
22.04.13
Postar um comentário