Google+ Badge

terça-feira, 9 de abril de 2013

MÃOS DE AMOR



MÃOS DE AMOR

Na solidão só as minhas mãos
Entendem meu corpo
E o enchem de uma felicidade
Que algumas vezes é vazia

E como se pensassem
Estas mesmas mãos
Trazem a ternura de um corpo
Oferecem no carinho o sentimento...

Ai então eu me acalmo
Na ternura daqueles gestos
Na doçura de um amor silencioso...

Tu até podes ter ido embora
Sem que tuas mãos me acenassem
Porém as minhas não me abandonaram
Tampouco te abanaram com um adeus...

As minhas mãos na solidão
Me enlaçam como ninguém faz
Me acariciam quando lágrimas saudosas,
Salgadas e quentes rolam por minhas faces...

Mário Feijó
09.04.13
Postar um comentário