Google+ Badge

quarta-feira, 6 de março de 2013

NO ÁPICE DO PRAZER



NO ÁPICE DO PRAZER

A mim não basta
Pedaços do teu dia
Pontas escassas
Das tuas palavras

Eu quero horas inteiras
Que se transformem em noites...
Quero ouvir o vento
Da tua respiração...

Eu quero os teus meses de chuva
Escorridos no suor
Que do teu corpo cai
Nos momentos em que nos banhamos...

Eu quero sentir o gosto
Da tua saliva ácida
Quando morderes a minha pele
No ápice do prazer...

Mário Feijó
06.03.13
Postar um comentário