Google+ Badge

segunda-feira, 2 de abril de 2012

O PRIMEIRO BEIJO








Eu agora sou aquele menino

Que enrubesce quando tu

Seguras na minha mão e dizes

Eu quero ser tua namorada



Então meio sem graça

Em frente à porteira do campo

Onde sua avó mora

Ele a segura e dá o primeiro beijo



Tu que já esperavas por isto há tempos

Dizes fingindo inocência

Ah! Mas em frente à porteira?

Todos irão nos ver...



Aí ele de calças curtas

Corre para casa, coração disparado

Enquanto ela toda frajola

Sai rodando o seu vestido rodado de chita, feliz...



Mário Feijó

02.04.12
Postar um comentário