Google+ Badge

terça-feira, 3 de abril de 2012

MENINO QUE VOA






Eu já não me importo
Com meus cabelos encanecidos
Que me fazem ficar
Com cara de avô
(pois é isto o que sou)... 

Também não me importo
Com a minh’alma que continua
Correndo descalça na chuva


Nem tampouco com os meus braços
Que se abrem toda vez que venta
Porque eu continuo sonhando
Que tenho asas e vou voar...


Mário Feijó
03.04.12
Postar um comentário