Google+ Badge

quinta-feira, 29 de março de 2012

MÁGICAS DO TEMPO






Há poucas horas nos meus dias
E os dias do meu tempo somem
Desaparecem todos feito o coelho
Que eu tirava todos os dias da cartola 

E agora? Bem agora
Chamam-me de louco
Mas quem não é?
Eles que se dizem donos da verdade? 

Certamente que não o serão!
Cadê meu coelho? Onde está minha cartola?
Nestes tempos de hoje
Todos querem fazer mágica 

Certamente que por isto
Não me sobra mais tempo
Porque tenho somente tempo para contar
Todas as mágicas que faço para sobreviver... 

Mário Feijó
29.03.12
Postar um comentário