Google+ Badge

segunda-feira, 26 de março de 2012

ALMA TRANSGRESSORA





Eu penso que minh’alma
É assim meio transgressora
Quando não sente culpas
Quando não acredita em pecados 

Ela é capaz de qualquer coisa
Quando o assunto é amor
Não sofre culpas
Apenas respeita os outros

E quando minh’alma ama
Vive um amor sem limites
Incondicional e se entrega 

Minh’alma transgressora
É feito a duna no deserto
Que todo dia muda de lugar... 

Mário Feijó
26.03.12
Postar um comentário