Google+ Badge

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

NOBRE CORAÇÃO








Enquanto não amarmos um animal,
uma parte da nossa alma
permanecerá adormecida.
Anatole France



Nobre coração – tente o mais que puder
Bater até cansar – resista ou
Que eu envelhecido e cansado
Te peça para parar... 

Bata sempre mais forte
Quando eu ver um corpo bonito
Mas também quando ver uma flor se abrir
No meu jardim ou por onde eu passar... 

Nobre coração – veja mais longe
Que os meus próprios olhos
E não deixe se enganar
Diante de amores senis... 

Ensina-me sempre a aprender
A dividir e não somente a somar
E que eu possa amar mais e mais
Até àqueles que na vida não me amam... 

Nobre coração que se esconde em meu peito
Diga ao meu cérebro, muitas vezes tão racional
Que não há irracionalidade num abraço
E que amar não dói, mas prolonga a vida... 

Mário Feijó
08.08.11
Postar um comentário