Google+ Badge

terça-feira, 30 de agosto de 2011

MITOS DO AMOR





Eu vivo de amores fugidios
Abortados no desejo
De uma estação chuvosa
Que um vendaval levou... 

Eu vivo de sonhos por amores
Que sequer acontecem
Que quando o dia amanhece
Eles somem na bruma do mar 

Que vem de algum lugar
Do outro lado do atlântico
Que correntes marinhas trazem
E que me fazem sonhar... 

Eu vivo de mitos:
De Eros, sereias e Posseidon
E nem sei aonde vou parar
Mas sonho ser desejado por Zeus
E também por Iemanjá... 



Mário Feijó
30.08.11
Postar um comentário