Google+ Badge

domingo, 10 de abril de 2011

O PODER DO SOL


Hoje eu acordei
Meio anestesiado
Não sentindo dores
E parecia ter esquecido
De todos os meus amores...

Mas quando abri a janela
Eu vi a luz do sol
Foi como se ganhasse
Uma injeção de ânimo...

Acordei para a vida
Lembrei porque é que eu existo
Porque é que eu preciso existir
E fiz meu coração bater mais forte...

Por amores, por amigos
Pela natureza ouvindo a música do mar
Pensei em ti (que desde ontem não pensava)
E levantei-me disposto a viver...

Mário Feijó
10.04.11
Postar um comentário