Google+ Badge

terça-feira, 3 de agosto de 2010

VIGILIA DE AMOR




Vivo em vigília
Catando meus versos
Que no pensamento estão
E quando durmo vou buscá-los

Eles viajam por sonhos
Sempre a tua procura
Então acordo para
Em meus cadernos eternizá-los

Quero torná-los esternos
Ao invés de deixá-los apenas
Viajando em ondas de pensamento...

Eternizando-os sei que
Faço-o também por ti
Pois assim mesmo que te vás
Permanecerás eterna nesta vigília de amor...


Mário Feijó
26.07.10
Postar um comentário