Google+ Badge

terça-feira, 31 de agosto de 2010

ATALHOS, RETALHOS, DETALHES


( no detalhe das flores, construidas com corpos humanos)



Por todos os atalhos
Eu sempre te procurei
Esqueci que não se encurtam caminhos
Todos estão escritos, desenhados...

Assim eu descobri
Que minha vida não passava
De retalhos do meu dia-a-dia
E que só eu podia costurá-los...

Diante de tantos detalhes
Somente depois de muitas pauladas
Eu aprendi que a felicidade
É somente uma colagem de todos eles...

Mário Feijó
31.08.10
Postar um comentário