Google+ Badge

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

ROSA E JASMIM



Houve vezes em que eu pensei
Ser apenas um jasmim e você
Um encantador botão de rosa vermelho

Estava eu lá encantado naquele jardim
Sentindo teu perfume que vinha até a mim
Entontecido, sentia-me inebriado, apaixonado...

Uma única certeza eu tinha
A de que não me abandonarias
Estarias sempre por perto
E quando tu perfumasses seria pra mim...

Há magia em ser flor
Há uma beleza impar no encanto do amor
Neste brotar e desabrochar
Sinto-me etéreo quando sinto o teu perfume...

Mário Feijó
27.08.10
Postar um comentário