Google+ Badge

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

DENTRO DOS MEUS BRAÇOS




Não era nada disto o que eu queria
Eu só queria um dia poder
Amar-te em qualquer lugar...

O amor é universal
E nos lugares aonde vamos
Cada um tem suas peculiaridades...

Um beijo e um abraço
Para uns pode ser visto com maldade
Para outros é apenas uma demonstração
De carinho, de amor fraterno...

Eu queria abrir meus braços
Em qualquer lugar
E esquecer-te dentro deles...


Mário Feijó
22.08.10
Postar um comentário