Google+ Badge

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

SIMBIOSE

(Tela 20X20. Acrilico sobre MDF, com aplicações em material variado para a exposição da funcação Chico Lisboa).




Quando eu olho sob tua pele
E vejo nela meu sangue que corre
Sei que és o meu sêmen
Que um dia te deu vida... 

De onde veio tu’alma
Que impregnada da minha
Se fez ser, se fez mulher
Noutras vidas que geraste... 

Ouve uma simbiose
Carne-espirito
Que corre hoje nas veias
Das almas que caminham mundo afora... 

Mário Feijó
30.09.11
Postar um comentário