Google+ Badge

domingo, 22 de março de 2015

ENTRE O CÉU E O INFERNO

ENTRE O CÉU E O INFERNO

Gente que não mente, nem quando precisa,
pode causar profundos danos
a corações sensíveis...

Cristiane Lisbôa, in: papel manteiga.


Algumas vezes mentir
É fazer caridade
A mentira sem maldade não é pecado
E a verdade às vezes é cruel e dói demais

Há corações sensíveis
Mesmo dentro de um corpo forte
E mesmo os brutos amam docemente

Qualquer um desmorona
Quando está diante da verdade!
A mentira geralmente
Parece ser mais doce

E quando amamos ficamos cegos
Diante do amor que sentimos
Da mesma forma como ficamos cegos
Diante da possível feiura dos filhos

O amor nos deixa cegos quando chega
Porém só nos devolve a visão
Quando resolve ir embora...

Mário Feijó
22.03.15



Postar um comentário