Google+ Badge

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

CINQUENTA CENTAVOS

CINQUENTA CENTAVOS

Quem tudo quer
Nada tem...
E você que pensava
Valer muito
Custou-me apenas cinquenta centavos
Nem sei mais com qual moeda
Eu te devolvi...
Nem preciso foi
Reembolsar os cinquenta centavos
Quarenta, trinta, quinze
E eu te devolveria...

Não é despeito
Talvez eu também não valha
Nem a metade do teu valor
Mas tenho alguns princípios
Que pretendo preservar
E um deles é não me vender
Seja por cinquenta centavos
Ou milhares de dólares...

Em todos os casos
Tente uma proposta indecente.

Mário Feijó

30.12.14
Postar um comentário