Google+ Badge

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

QUERO SER MÚSICA

QUERO SER MÚSICA

Algumas vezes eu me descubro vivo
Embora preferisse ser apenas uma lembrança
Uma música, um cheiro, um afago

A vida passa e o corpo cansado
Não consegue se acostumar à ingratidão
À falta de calor humano

Por mais que sejamos independentes
Somos carentes sempre
Porque o amor é primordial

E quando falta amor
Morremos um pouco a cada dia
Por solidão ou por falta de estímulos...

Mário Feijó

23.10.14
Postar um comentário