Google+ Badge

sábado, 11 de outubro de 2014

O TEMPO COMPROVA

O TEMPO COMPROVA

Não foi apenas com sonhos
Que eu cobri as estrelas...
Usei tua pele nua para
Com ela construir caminhos...

E por onde eu passava
Havia sóis reluzentes
Desprendidos de outras galáxias
Para me mostrar destinos...

Destinos estes nunca escolhidos
Eles já estavam gravados
Feito figuras rupestres em cavernas

Não havia como contestar
Bastava ler e cumprir
O tempo comprova...

Mário Feijó

11.10.14 
Postar um comentário