Google+ Badge

sábado, 25 de outubro de 2014

ABCDÁRIO DO MEU AMOR

ABCDÁRIO DO MEU AMOR

Eu pensava que seria feliz para sempre
Já com a Letra A tive minha primeira
Decepção amorosa – ela me amava, eu não –
Em seguida vieram outras com B com C e com D
Com E eu até tive esperança em ser feliz
Mas Felicidade foi uma das poucas
Que fez meu coração explodir feliz.
Com G foi um amor infantil por uma professora
H foi um amor de mãe e de pai
Mãe e filha foram embora de minha vida.
I, J, K e L passaram por mim indiferentes
Sem me dar maiores atenções.
M foram muitas como são as Maria’s
Que achamos em qualquer esquina
Algumas apenas cuidam dos filhos de forma superprotetora
Outras perdem-se em mesas de bar.
Com N, O e P tive amizades não paixões
Com Q não encontrei ninguém
Já com R tive uma paixão platônica
Que me deixou lembranças e a vontade de saber
Como seriam “os beijos que eu não te dei”.
Com S tive um amor franco e verdadeiro
Porém Sônia resolveu partir prematuramente
Antes que a festa ficasse realmente boa
Deixou-me muitos dissabores e frustrações.
Com T tive uma paixão adolescente
Com U pensei em beijos que tinham gosto
De uva madura estourando na boca.
V e X nem me afetaram visto que foram
Apenas relações sem consequências.
Com Z tive o amor mais duradouro
Mas também aquele que mais me feriu
Aquele que mais aguçou minha decepção
Aquele que me ensinou que no amor podemos ir
Do céu ao inferno em apenas alguns minutos
E a partir disto decidi que iria viver no purgatório...

Mário Feijó
25.10.14


Postar um comentário