Google+ Badge

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

FERINDO CORAÇÕES

FERINDO CORAÇÕES

Se era para fazer
Esta bagunça toda
Na minha vida
E com meu coração

Você não precisava descer à terra
Como fazem todos os anjos,
Eu preferia desconhecer
O inferno com a tua partida.

Ninguém nos ensina a esquecer
É impossível desapaixonar depois do amor
Porém dói sentir saudades
Porque ela consome o corpo
E deixa a alma prostrada

Eu bem sabia o que fazia
Porém agora é tarde
Tornou-se real o amor que senti
E eu fiquei desolado
Quando bateste as asas rumo a outro coração


Mário Feijó
Postar um comentário