Google+ Badge

domingo, 17 de junho de 2012

TIGRESA




TIGRONA


Tigresa
        Cadê a tua pele tigrada?
                O teu olhar feroz?
                As tuas garras? 

Eu não vi nada disso
        Apenas um doce sorriso
Uma entrega de filha
Ao acariciar outra fera
E ao falar de tua cria 

Tigrona
        O teu sorriso envolve
        As tuas garras afiadas foram limadas
As tuas presas seduzem
Quando te aninhas nos braços de teu par
Que domado apenas chamas de “cheiro”
Eu adorei te conhecer fora da jaula... 

Mário Feijó
17.06.12
Postar um comentário