Google+ Badge

quinta-feira, 14 de junho de 2012

SEM PERDÃO



SEM PERDÃO



Eu posso perdoar o sol
Que queima a minha pele
Que seca a terra inóspita
E até os vendavais violentos 

Porém é difícil perdoar
Tuas mentiras, tuas traições
E te aconselho a procurar outra
Que queira ser enganada, eu não 

Para mim ficarás sem perdão
Até que um dia faças chover no deserto
Que transformes os polos em florestas
Ou que o sol esfrie por completo 

Tu não imaginas o teu estrago
Com a minha credulidade nos homens
Com a minha fé no amor
Agora adubo as terras do meu coração
Esperando que volte a florescer... 

Mário Feijó
14.06.12



Tema: SEM PERDÃO
Fornecido pela amiga Gema Moroni
Postar um comentário