Google+ Badge

sábado, 16 de junho de 2012

AS BRUMAS DO OLHAR DE FELICIDADE


AS BRUMAS DO OLHAR DE FELICIDADE



Hoje foi um daqueles dias

Que eu me lembrei das brumas

Do olhar de vovó Felicidade



Havia brumas por todos os lados

Olhos azuis esmaecidos

Que me seguiam por todo o dia

Até que com a noite as brumas sumiram



A Felicidade pode ter ido

Mas conversa comigo

Através das coisas da natureza

Vou plantar cafezais pra você



Vou torrar seus grãos no fogão à lenha

Vou moê-los num pilão, se a vida deixar,

E depois vou coá-los num coador de pano

E degustá-los sentindo os cheiros de felicidade...  



Mário Feijó

17.06.12
Postar um comentário