Google+ Badge

quinta-feira, 9 de junho de 2011

QUEM PLANTA AMOR COLHE PERFUME





Eu cuido de mim
Porque a única coisa que me segue
São meus próprios passos
O resto eu largo sem apego... 

Deixo meu cheiro, minhas ideias
E meus abraços de amor
Deixo borboletas a voar
Em volta das flores que planto
E sem espanto vejo novas a brotar... 

Outro dia veio um passarinho
E fez seu ninho
Na minha caixa do correio
Passei a receber cartas musicadas 

E com todo cuidado
Retirava minhas correspondências
Para não assustar os filhotes
E tampouco afugentar seus pais... 

Quem planta amor
Sempre colhe da flor a cor
E recebe dela de volta
Um perfume como resposta... 

Mário Feijó
09.06.11
Postar um comentário