Google+ Badge

terça-feira, 7 de junho de 2011

BEIJOS TEUS QUE EU GUARDO






Tento conter entre os dentes
Os beijos que eu não te dei
Por medo, preconceito e timidez 

Nem a maturidade
Deu-me a ousadia
Para sair por aí
Distribuindo os beijos
Que eu não te dei 

Então olho para o céu
Contemplo as estrelas
Esperando que também as vejas
Quiçá penses em meus beijos contidos 

São todos teus estes beijos guardados
Quero dar-te, quero sentir os teus lábios
Quero devolver a ti os meus beijos
Que eu sempre guardei só pra ti... 

Mário Feijó (07.06.11)
Postar um comentário