Google+ Badge

sábado, 11 de dezembro de 2010

A TERRA GRÁVIDA


À frente o sol
Escandalosamente brilhante
Como se fora
Um símbolo de ouro
Descendo sobre a terra grávida
Seios inchados
Barriga intumescida
101 veia cheias de carros
Todos numa pressa incontrolável
Sem destino para muitos destinos
Viajando ouço Michael Bublé
Maravilhoso anjo cantando “Paradise”
Nesta hora me transporto
Estou realmente no Paraíso...

Mário Feijó
11.12.10
Postar um comentário