Google+ Badge

sábado, 11 de dezembro de 2010

ENCONTRO ESPECIAL



No horizonte: chaminés
Inflam as nuvens brancas
Com suas fumaças negras

Como se fossem tubos
Injetando no céu um pouco de poluição
Um céu que há tão pouco
Era de um azul límpido

Numa paisagem paradisíaca do sul
Eu me sentia abençoado
Naquele final de tarde

Havia uma luz amarelo-laranja
Onde o sol era uma gigante moeda de ouro
Que resplandecia reluzente
De uma forma que aquela hora
Eu podia olhá-lo de frente
Sem ferir a visão

Era um momento especial
Um encontro merecido
Entre pequenos seres humanos
E grandes anjos celestiais...

Mário Feijó
11.12.10
Postar um comentário