Google+ Badge

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

NÃO SE PODE FUGIR DO AMOR





Tudo era luz até o dia
Que eles se apaixonaram
E na escuridão da noite
Tiveram que se amar...

O dia se apagou
E a luz não tocou mais
Aqueles corpos apaixonados...

Só as sombras permitiam
Que aquele amor sobrevivesse...
No máximo expuseram-se
À claridade da lua...

Mistérios sempre haverão!
Verdades podem ser camufladas
Leis podem ser burladas, alteradas,
Mas do amor não dá pra fugir...

Mário Feijó
27.12.10
Postar um comentário