Google+ Badge

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

NÃO APRESSE O RIO





O amor é muito mais
Que um beijo meu,
Um beijo teu
Em momentos de felicidade...

A vida é assim
Ela impõe sacrifícios
Caminhos a serem percorridos
Dificuldades a serem vencidas...

O rio segue seu caminho
À procura do mar
Não apresse o rio
Não escolha como amar... somente ame!

No andar da carruagem
Tudo se assenta – dizia vovó –
Tudo se acalma se tivermos que nos pertencer
Um dia tudo se assentará
Como o colo do rio à procura do mar...

Mário Feijó
21.10.10
Postar um comentário