Google+ Badge

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

VIVENDO DE AMORES



VIVENDO DE AMORES

Eu ando assim
Apaixonado pelo vento
Só porque ele
Ontem me acariciou...

Outro dia
Eu me apaixonei pela chuva
Só porque ela
Havia tocado meus lábios...

Pensei num amor eterno
Quando um gole d’água
Rasgou-me as entranhas
Numa tarde de sede...

E quando o mar
Tocou minha pele suada
Indo até minhas partes mais intimas
Eu arrepiado suspirei: estava enamorado...

Mário Feijó
21.02.13
Postar um comentário