Google+ Badge

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

PEDAÇOS



PEDAÇOS

Eu não queria viver
De pedaços teus...
No início me deste tuas mãos
Aos poucos me deste os teus beijos
Jamais o teu coração...

Já toquei a tua pele
E o máximo que depois me deste
Foi o sabor do teu beijo...
Quando vamos além, foges, desapareces...

Eu não queria pedaços teus!

De pedaços contento-me
Com a luz que o sol me da durante o dia

De pedaços contento-me
Com a luz das estrelas durante a noite

De pedaços eu contento-me
Com as gotas do orvalho, da chuva

De ti eu quero tudo
Muito além do que hoje me dás
Porque o teu sexo nunca foi o bastante
O que eu queria mesmo era o teu amor...

Mário Feijó
18.02.13

Postar um comentário