Google+ Badge

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

SILENCIOS



SILÊNCIOS

Eu detesto silêncios no amor
No amor os silêncios me assustam
Como os gritos e as discussões
Eu tenho medo de vivenciá-los

No amor eu prefiro um tapa
A um grito ou a um silêncio
Eu prefiro gemidos, sussurros
Eu prefiro música e sorrisos

É que no amor
Os silêncios me assustam
Eles são mais profundos
E significam partida

No geral e na vida
Os silêncios são bons
Os silêncios são paz
Mas no amor me assustam...

Mário Feijó
23.02.13
Postar um comentário