Google+ Badge

terça-feira, 1 de janeiro de 2013

ELES



“ELES”

Aonde quer que eu vá
O vento bate seus dedos
Nos vidros da minha janela

A lua, agora cheia de mim,
Esconde-se por entre as nuvens
Mas o vento sedutor assovia...

Esquecem-se que não sou mais menino

Feito o meu coração que arde em paixões adolescentes...

Mário Feijó
02.01.13
Postar um comentário