Google+ Badge

sábado, 26 de janeiro de 2013

DESEJO



DESEJO

Eu te desejo
Feito maçã proibida
Não quero uma camisa nova
Não desejo um tênis novo
Quero a ti
Como se desejasse um doce
E tu malandramente
Roças teu rosto no meu
Levemente tocas meu corpo
E disfarçadamente te afastas
Com um sorriso malandro...

É como se o rato
Provocasse o gato
Espiando da toca...
E eu já nem posso te tocar
Por medo de não resistir
Tenho desejos espúrios
Sonho contigo na noite
Enquanto espero o melhor momento
Para tentar te seduzir...

Mário Feijó
26.01.13
Postar um comentário