Google+ Badge

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

A SAUDADE QUE DEIXASTE



A SAUDADE QUE DEIXASTE

Ontem a tua falta era tanta
Que eu comecei a procurar-te
Por todos os cantos
Até dentro de mim...

Procurei em meu cérebro
Porém dentro dele
Só achei tuas lembranças...

Passei por minha pele
E num frisson
Encontrei a tua falta
E os prejuízos que ela me causa...

Andei pelo meu sangue
E num impulso senti o teu cheiro...
Quando circulava por minha boca
Encontrei nela o gosto que tens...

Sai por outros órgãos
Tentando te encontrar
Pelas batidas fui levado ao coração
Impregnada nas paredes estava a tua saudade...

Mário Feijó
14.01.13  
Postar um comentário