Google+ Badge

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

SOLITÁRIA?



SOLITÁRIA?

Quando eu era criança
De tão magro diziam
Que havia dentro de mim
Uma brava solitária...

Enganavam-se! Eu não comia o suficiente
Porém passei a acreditar
Que tudo o que comia sustentava o verme
Que morava no meu interior...

Acabei por me tornar
Um ser acompanhado
Porque dentro de mim
Morava uma companheira...

Hoje compreendo melhor a vida
Sei que não tenho mais companhia
Foi aí que descobri
Que o solitário era eu...

Mário Feijó
21.11.12

P.S. desculpem a temática, mas ontem lembrei deste assunto e resolvi brincar com ele...
Postar um comentário