Google+ Badge

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

REDENÇÃO


REDENÇÃO

Eu adoraria ter sido
Muito bom em alguma coisa
No entanto a vida
Só me ensinou a sobreviver

Porém eu não me tornei
Excepcionalmente bom em nada
Não fui um bom irmão
Embora tenha tentado

Não fui bom pai
Porque tinha muitas mágoas
Nem um bom filho
Por não ter entendido meu pai

Quis ser muita coisa
E por contingências de sobrevivência
Não me dediquei a nada especificamente
Então em tudo sou medíocre

E agora descubro ser tarde demais
Para corrigir muitos erros
Então eternizo em pinceladas cruéis
As dores que Minh ‘alma levará consigo...

Mário Feijó
12.11.12
Postar um comentário