Google+ Badge

terça-feira, 27 de novembro de 2012

AMOR INFINITO



AMOR INFINITO

Eu te esperei
Tu nem tinhas nascido
Eu já te esperava
O tempo passou
Minha espera continuava

Passaram-se horas, dias, meses e anos
E eu ali te esperando
Agora já se passaram décadas
Ou quem sabe séculos
Já não te espero mais...

Quero que saibas
Que minha esperança não morreu
Mesmo sem querer
Eu continuo aqui
Para o caso de resolveres aparecer...

Mário Feijó
27.11.12
Postar um comentário