Google+ Badge

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

ÁGUAS DO BRASIL



ÁGUAS DO BRASIL

Eu queria amanhã
Estar num afluente do Amazonas
E tecer minha dor
Dentro de uma pororoca

Pisar meus pés
Nas margens do São Francisco
E me banhar nas lágrimas
Do caudaloso Rio Negro

Queria esperar as enchentes das matas
E afogar nelas minha tristeza
Deixar que as piranhas
Comessem todas as mágoas

Quiçá eu aprenderia a viver
E descesse por Salvador
Para em Copacabana esquentar o meu corpo
Para no Réveillon libertar tua alma...

Mário Feijó
26.11.12 
Postar um comentário