Google+ Badge

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

KA-KA-KA-KA





Eu não entendia
Porque sob os efeitos etílicos
Algumas pessoas riem tanto

KA-KA-KA-KA 

Até que eu e duas amigas
Abrimos uma garrafa de vinho
Conversamos e sorrimos
Mas quando abrimos a segunda garrafa

KA-KA-KA-KA 

Nesta hora eu comecei a entender
O porquê de rir tanto
E dizer tanta bobagem
Quem não está acostumado a beber

KA-KA-KA-KA 

Ontem valeu muito à pena
Lembramos do passado
Rimos de nós

KA-KA-KA-KA


Hoje eu já não sei mais
Porque rimos tanto ontem?

KA-KA-KA-KA 


Mário Feijó
02.11.11
Postar um comentário