Google+ Badge

terça-feira, 27 de abril de 2010

AMORES SUFOCADOS




Eu não tinha
Para ti nenhum segredo
Mas como te dizer
Que o meu corpo
Não precisava do teu?
Tu sabias disto
E eu não queria te ferir
É quase impossível
Este amor a três...

Não dá para fazer amor contigo
Com a cabeça em outro lugar
Eu sei que tu me amas
E desse jeito eu não quero ficar...

Amor é para ser feito
Não para ser imaginado
Amor é para se sentir
E não para ficar calado...

Mário Feijó
27.04.10
Postar um comentário