Google+ Badge

sexta-feira, 19 de março de 2010

ENQUANTO MEU CORPO DEFINHA EU ORO PELA TUA FELICIDADE

Não tenho mais lágrimas
Para chorar por ti
Somente oro pedindo bênçãos
E proteção para seres feliz

A minha saudade é grande
E a saúde cada vez é mais frágil
Neste corpo que definha
Em minha vontade degenerada

Sinto-me sem forças
Para seguir sem ti
E as dores consomem minhas células
Que sem o teu amor envelhecem rapidamente

Era a tua presença
Era a tua energia
Que davam vida ao meu corpo
Agora eu não passo de uma bateria sem carga...

Mário Feijó
19.03.10
Postar um comentário